bot massas.png

As massinhas de modelar são sempre muito atrativas para as crianças.

A textura, a característica macia e flexível, a possibilidade de se ter grande volume de massa, e com isso, “mergulhar” as mãos ou os pés, a gama de movimentos que podem surgir da relação com elas, são geralmente uma oportunidade interessante de brincadeiras, sensações e invenções.

MASSA 1.jpg

Desde muito cedo, brincar com a conhecida “massinha de modelar” se tornou parte do cotidiano escolar de crianças pequenas. Porém, a brincadeira esteve sempre vinculada à modelagem, seja com as mãos, seja com instrumentos (formas) muito utilizadas na culinária. 

Além dessas, queremos sugerir algumas outras possibilidades, caso seja possível dentro de casa. Para quem tem mais espaço e ambientes alternativos (varandas, sacadas, quintais ou outros), pode ser uma experiência muito divertida, sem muita preocupação com a “sujeira” que se pode fazer.  Para quem não tem tantas alternativas de espaço, mas gostaria de arriscar, uma dica para preservar móveis e pisos: cobrir as superfícies com um plástico bolha ou plástico cristal. Saco de lixo aberto, também é uma possibilidade. Atenção ao calçado das crianças diante do plástico liso, para que não aconteçam acidentes.

Se a superfície for uma mesa, papel manteiga, daqueles utilizados para preparações no forno, também pode servir. Talhas de mesa ou um lençol que não esteja em uso, podem ser uma alternativa, mas a escolha deve considerar a segurança das crianças, pois, se colocados no chão, precisam garantir que as crianças não escorreguem.

massa2.jpg

A massa, para os pequenos, pode ser feita em casa, com ingredientes comuns, do cotidiano alimentar.
Basta misturar alguns, e as crianças terão muitas possibilidade de brincar.

Os pequenos precisarão de uma “mãozinha” no começo, mas depois ficarão muito envolvidos... 

Para as crianças pequenas menores de 3 anos, o mais interessante é organizar um espaço para que a brincadeira aconteça no chão ou em uma mesa baixa. 

massa3.jpg

Massinha caseira

Receita:

1 kilo de farinha de trigo

1 copo (americano) de óleo

4 copos (americano) de água

Gotas de corante alimentício (opcional)

Modo de Preparo:

Reserve um pouco da farinha e misture todos os ingredientes até a massa ficar homogênea. Sove a massa até dar o ponto de pão (quando a massa começar a soltar dos dedos). Se for preciso, junte toda a farinha até dar o ponto.

Pode ser que precise utilizar um pouco mais de 1 kilo de farinha, pois a temperatura das mãos e do ambiente pode interferir na umidade da massa.

Cubra com um plástico filme e deixe descansar por 2 a 3 horas.

 

Dica: Você pode colorir a massa com corantes naturais como beterraba, couve e cenoura. Para isso, basta substituir a água pelo suco ou adicionar algumas gotas de corante artificial.  

  

Para reutilizar a massinha: A massinha pode ser feita pela manhã e ser utilizada até o final do dia. Caso a criança deseje brincar mais tarde, pode envolvê-la no plástico filme e levá-la a geladeira.

 

ATENÇÃO à lavagem das mãos antes e depois de brincar com a massa.

massa4.jpg

A massa caseira permite muitas explorações diferentes: esticar, romper, marcar, moldar com o corpo, perceber que ela pode aderir a algumas superfícies e outras não.   

A textura e consistência da massa podem trazer diferença para as explorações das crianças e seus efeitos e isso pode coloca-las a testar muitas possibilidades.

massa5.jpg

Para modelar ou “carimbar” a massa, alguns utensílios encontrados na cozinha, como cortadores, formas para gelo, empada, cupcake, bombons e rolos de abrir massa, entre outros, podem ser usados. 

massa6jpg.jpg

Lembre-se sempre de oferecer as crianças pequenas, utensílios que sejam de plástico ou silicone.

Os utensílios de metal são cortantes e devem ser utilizados apenas com a supervisão dos adultos.

massa7.jpg